domingo, 30 de setembro de 2012

Apontamentos urbanísticos sobre a Vila de Pardilhó



A 28 de Janeiro de 2005, foi publicada em Diário da República a elevação oficial da Freguesia de Pardilhó à categoria de Vila.
Embora Pardilhó sempre se tenha distinguido comparativamente com as outras freguesias de Portugal, tardava a sua elevação. De facto, nas últimas duas décadas temos assistido a uma contínua modernização do território, que cresceu tanto em altura, como esteticamente. Talvez a zona mais visível e que tenha sofrido um maior impacto ao nível do design, seja o actual centro cívico o qual ganhou contornos modernos, permitindo maior concentração de público nesse espaço, ainda que o mesmo pudesse ser aproveitado mais vezes para um maior número de eventos.
Vamos incidir esta análise na zona conhecida como o centro da Vila, onde encontramos edifícios que se distinguem do restante território, e que permitem assim identificar esta zona como o centro cívico.
Terra de trabalhadores, a freguesia de Pardilhó é conhecida um pouco por todo o País pelos seus carpinteiros navais (hoje em menor número) e pelo barco Moliceiro. Porque não criar no centro da vila, onde há um maior tráfego automóvel e de pessoas, um símbolo que evoque este barco?
Voltando aos elementos marcantes que se distinguem no centro, estes funcionam como indicadores seguros do caminho a seguir. São visíveis de outros pontos e reforçados pela sua localização. Falamos de edifícios como a Igreja Matriz que pelo seu formato, a posição em que se encontra e o fim a que se destina, constitui-se como o ponto mais elevado da freguesia. Podemos ainda referir os vários prédios habitacionais existentes, que conferem também um aspecto mais citadino à Vila. A simplicidade dos edifícios, com formas geométricas semelhantes, faz com que estejamos perante uma área urbana homogénea.
Relativamente a insuficiências, hoje o verdadeiramente necessário passaria pela reconstrução de sanitários públicos, em local visível e identificável.
Resumidamente, temos centro perfeitamente identificável, moderno e com capacidade para atrair pessoas em seu redor.


Jornal Ribeirinhas Jun-2012
Blog Jornal de Pardilhó Jun-2012

Sem comentários:

Publicar um comentário