domingo, 29 de junho de 2014

O que fazer em Pardilhó no Verão

O Verão está de volta. O sol brilha e ilumina os nossos caminhos, o calor aquece-nos o espírito e a boa disposição cresce. A paisagem fica diferente, mais alegre, colorida, dá-nos vontade de percorrer novos locais por descobrir.
Nesta altura, os saudosos emigrantes, cheios de vontade de regressar às suas origens, às suas terras, apressam a sua viagem para casa. A freguesia de Pardilhó, oferece às suas gentes paisagens naturais deslumbrantes, onde se destaca a nossa Ribeira d’ Aldeia, com a Ria de Aveiro aos nossos pés. Ali podemos admirar, por vezes, a presença de barcos moliceiro, a embarcação típica da terra, outrora utilizada para a pesca e apanha do moliço, hoje sobretudo para passeios de grupo. Nesta mesma ribeira, há ainda um Parque de Merendas, com Parque Infantil, ideal para piqueniques em família. Os caravanistas não são esquecidos, tendo aí à sua disposição um Parque que lhes oferece todas as condições necessárias à sua estada. Um pouco mais à frente, podemos admirar um edifício novo, uma réplica do que outrora foi a casa onde cresceu o Prémio Nobel da Medicina, Dr. Egas Moniz. Hoje, este edifício destina-se ao Centro de Saúde e Biblioteca. Na parte de trás, situa-se o Lar Quinta do Rezende, tendo ao seu lado a Capela de Santo António. Se nos deslocarmos até ao Centro da Freguesia, podemos contemplar o novo Centro Cívico, uma obra recente, que criou um novo espaço para espectáculos, mantendo o seu coreto. Rodeado por comércio local, existem vários edifícios em altura (prédios), jardins, esplanadas e a Igreja Matriz, cujo padroeiro é o São Pedro. As festas do seu orago decorrem no final de Junho. No primeiro fim-de-semana de Julho, decorre o Festival Gastronómico da Vila de Pardilhó, actualmente a realizar-se na Ribeira d’ Aldeia. Outrora conhecido pelas suas tradicionais padas, cozinhas em forno de lanha com pinhas, temos à nossa disposição um vasto leque de padarias. Na cozinha tradicional, a Caldeirada de Enguias é Rainha, trazendo inúmeros turistas à freguesia para as provar, enquanto os rojões são Reis, e a aletria uma das típicas sobremesas. A nível cultural, são várias as Associações que anualmente realizam actividades na Freguesias. As que têm Sede própria, realizam as suas actividades maioritariamente dentro da mesma, caso da ACR Saavedra Guedes, conhecida pela sua vertente desportiva ao nível do Futsal, Canoagem e Andebol, mas também pelos seus eventos culturais que nos últimos anos têm trazido de volta grandiosos espectáculos ao seu salão. Outro caso, é o do Clube Pardilhoense, que com a sua Banda, tem levado o nome de Pardilhó às maiores romarias de Portugal. Devemos destacar grupos de música tradicional portuguesa, caso dos Ventos da Ria, ou das Danças d’ Aldeia.
No entanto, pese embora Pardilhó ser uma terra cheias de potencialidades, não se aposta na sua divulgação. Tive oportunidade de entregar ao Executivo da Junta, dois panfletos turísticos diferentes, para estarem disponíveis on-line e em formato papel, para quem chega à Freguesia e aqui nada conhece. Uma boa aposta seria também criar percursos pré-definidos, por exemplo pelas ribeiras existentes, indicando os locais a visitar, a pé ou de bicicleta.

Esta é uma das mais belas terras do Distrito, merece ser divulgada e visitada.

Sem comentários:

Publicar um comentário